sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Fundação da FIFA (Coleção Placar – 1998)

                Resumo

                Um certo holandês, chamdo Karl Hirschmann, tinha uma paixão muito grande por futebol. Essa paixão inspirou-lhe a ideia de relacionar as federações de futebol de todos os países, criando um órgão internacional que os congregasse; era o campeonato mundial em si. Esse holandês sabia também que a The Football Association instituía, anualmente, um campeonato entre Inglaterra, Irlanda, Escócia e País de Gales. A taça disputada tinha o nome de Cup, e era tão importante que quem o entregava ao capitão da Seleção era o primeiro-ministro, em representação da rainha.
                Hirschmann fascinava-se ao saber que os estádios ficavam lotados antes do jogo começar, as torcidas eram muito empolgadas e a tamanha garra com que as equipes disputavam a taça. Daí, ele imaginava um evento maior, que englobasse todo o mundo e, em 1902, escreveu uma carta ao secretário da The Football Association propondo um projeto de um campeonato mundial. Sua carta foi lida com desprezo e não houve retorno algum. Mas Hirschmann não desistiu e conversou diretamente com o presidente da Union des Sociétés Françaises de Sports Athlétiques que, rapidamente, encaminhou o projeto à imprensa, mas não conseguiu financiamento algum. Porém, um ano depois, dirigentes de outros países deram um apoio simples, mas suficiente para que a FIFA (Federation Internationale de Football Association) fosse fundada em 1904.
                Durante os dez anos seguintes, a FIFA realizou vários congressos em cidades da Europa com a finalidade de criar um campeonato mundial. Muitas propostas eram feitas e reprovadas, devido aos grandes investimentos financeiros exigidos. Em 1914, foi realizado mais um congresso, onde Jules Rimet criticou o pessimismo dos congressistas, pois acreditava na realização de um campeonato mundial de futebol. Até mesmo Hirschmann se conformara com o torneio de futebol dos Jogos Olímpicos, que poderia ser reconhecido como o próprio campeonato mundial. Isso foi aprovado e Jules Rimet decepcionou-se com a FIFA.
                Mesmo com o mundo em guerra nos cinco anos seguintes, Rimet não esquecera seu sonho e trabalhava sigilosamente pela conquista do campeonato mundial. E esperou até 1920, quando a FIFA reuniu-se, para expor seus argumentos: ele pensava que as seleções amadoras que participavam dos torneios de futebol nos Jogos Olímpicos não eram um verdadeiro confronto de forças e tinham muitas restrições. Mas, com tudo isso, o que ele conseguiu foi ser presidente da FIFA, como demonstração de seu prestígio.
                Em 1927,houve num congresso uma proposta oficial para a criação da Copa do Mundo (a denominação também surgiu nesses textos oficiais). No Congresso de 1928 foi decidido que ocorreria de quatro em quatro anos e a primeira Copa do Mundo aconteceu em 1930.
                Como o Uruguai era muito prestigiado com seu futebol e em 1930 comemorava cem anos de independência,foi escolhido comoo local mais adequado para sediar a primeira Copa. Além disso, a Associação Uruguaia de Futebol deu às outras federações passagens, estadias pagas e participação nos lucros.

Nenhum comentário: